10ª EDIÇÃO DO ROCK IN RIO LISBOA

Paulo Pontes

HISTÓRICA 10ª EDIÇÃO DO ROCK IN RIO LISBOA ENCERRA EM CHAVE DE OURO COM DIA ESGOTADO NO TOTAL, 300 MIL PESSOAS PASSARAM PELA NOVA CIDADE DO ROCK DURANTE OS QUATRO DIAS DE EVENTO

O Rotasesabores.pt esteve presente mais um ano neste festival, apesar da afluência ao evento, o cartaz na minha opinião deixou um pouco a desejar, em relação a edições anteriores. Estivemos lá em equipa e com a amizade de sempre e profissionalismo!!!

A 10ª edição do Rock in Rio Lisboa contou com três dos quatro dias esgotados, que reuniram 80 mil pessoas no primeiro dia, 80 mil no segundo dia, 60 mil no terceiro dia e 80 mil no quarto e último dia de evento, vindas de 106 países;

Público deu uma nota de 8/10 a esta edição do festival em estudo realizado pela Marktest sobre a avaliação do evento, e, quando questionado sobre a intenção de voltar em 2026, 72% afirmou que o pretende fazer na próxima edição;

Recorde-se que o Rock in Rio Lisboa 2024 realizou-se nos dias 15, 16, 22 e 23 de Junho de 2024 e regressa ao Parque Tejo Lisboa para mais uma imperdível edição em 2026.

A histórica 10ª edição do Rock in Rio Lisboa que celebrou os 20 anos do festival em Portugal chegou ao fim e foi um sucesso – os números falam por si! Durante os dias 15, 16, 22 e 23 de Junho de 2024, a nova Cidade do Rock, que deu uma nova vida ao Parque Tejo Lisboa, recebeu 300 mil visitantes nacionais e internacionais vindos de 106 países. Com três dos quatro dias esgotados, o festival reuniu 80 mil pessoas no primeiro dia, 80 mil no segundo dia, 60 mil no terceiro dia e 80 mil no quarto e último dia de evento.

A grande maioria dos visitantes saíram satisfeitos com a experiência do festival, como comprova o estudo pedido pela organização à Multidados sobre a avaliação do evento. De acordo com os resultados obtidos, é apontada uma percentagem de cerca de 70% de opiniões positivas sobre a mudança do Rock in Rio Lisboa para o Parque Tejo, num universo de 1200 participantes, com uma margem de erro de 3,99% e grau de confiança de 95%. Segundo um estudo da Marktest, o público deu uma nota de 8/10 a esta edição do festival e, quando questionado sobre a intenção de voltar em 2026, 72% dos inquiridos afirmou que pretende voltar, comparativamente à edição de 2022 onde apenas 59% mostrou essa intenção. Já no estudo da Onstrategy, o Emocional Score do evento superou a edição de 2022, passando de 80,6 para 82,3, e o Location Preference Score, referente à nova localização, também subiu, de 74,0 para 78,1.

Este elevado grau de satisfação reflete o sucesso do Rock in Rio no Parque Tejo Lisboa, que se destacou tanto pelas atrações musicais, como pelas experiências proporcionadas a todos os visitantes.

Para além do público que inaugurou a nova Cidade do Rock, muitas equipas trabalharam para que tudo corresse da melhor maneira na edição de 20 anos do Rock in Rio Lisboa: mais de 350 empresas e 14.500 credenciados contribuíram para esta edição histórica, que com 5 palcos proporcionou 48 horas de música e entretenimento par todos os gostos e idades.

Em termos de audiências, foram impactadas pelo festival mais de 10 milhões de pessoas nos dois fins de semana via TV, e mais de 8 milhões de pessoas via rádio. A cobertura digital do Rock in Rio Lisboa foi igualmente impactante, com mais de 900 conteúdos publicados, que geraram 26 milhões de impressões, 48 mil menções e 46 mil novos seguidores nas redes sociais do festival. Estes números mostram o enorme alcance global do evento no mundo digital.

Com a operação de Mobilidade, resultante do esforço coletivo do Rock in Rio com a Via Verde e mais dez parceiros de mobilidade – CARRIS, CP, Metro, Fertagus, Rede Expressos, FlixBus, Gipsyy, TTSL – Transtejo Soflusa -, Carris Metropolitana e Telpark – foi assegurada uma redução de 30% da pegada carbónica associada à deslocação do público para um evento desta dimensão. A operação de shuttles especiais da Carris assegurou o transporte de ida e volta de 30 mil pessoas por dia entre a Gare do Oriente e a Estação da Cidade do Rock.

Os patrocinadores desempenharam também um papel crucial no sucesso da 10ª edição do Rock in Rio Lisboa. Diariamente, foram distribuídos 35 mil chapéus da Galp, patrocinadora oficial do festival, um brinde que é já um ícone entre os festivaleiros. Além disso, o épico Slide Pepsi, uma das atrações mais emocionantes, contou com 2817 visitantes, que percorreram um voo de 157 metros sob a clareira do Palco Mundo. Já na experiência da Roda Gigante Pisca Pisca participaram 29 960 pessoas ao longo dos quatro dias de evento.

No que toca à restauração, foram vendidos durante o festival 112 mil litros de cerveja Super Bock, 29 mil litros de Somersby, 18 mil pizzas e 20 mil hambúrgueres. Com um foco na sustentabilidade, os mais de 100 bebedouros espalhados pelo recinto evitaram o consumo de 78 mil garrafas de água, sendo que as garrafas que foram vendidas já eram de plástico 100% reciclado.

Na edição dos 20 anos do festival foram produzidos 500 mil copos reutilizáveis, com os quais se evitou a produção de 10 toneladas de resíduos. E a utilização de geradores mais eficientes, permitiu uma redução de 80% de emissões no consumo de gasóleo e uma redução de 15% de gasóleo nos geradores, mesmo com 30.000m2 a mais na Cidade do Rock, em relação à Bela Vista.

O Rock in Rio Lisboa 2024 contou com um line-up de peso, que incluiu grandes nomes nacionais e internacionais como os Xutos & Pontapés com a Orquestra Filarmónica Portuguesa, Scorpions, Evanescence, Ed Sheeran, Calum Scott, Ivete Sangalo, Jonas Brothers, Doja Cat, Ne-Yo, entre muitos outros.

Foram vários os artistas que atuaram nesta edição que deixaram nas redes sociais inúmeros elogios ao festival:

– Scorpions: “Foi simplesmente incrível celebrar o 20º aniversário do icónico Rock in Rio”.

– Evanescence: “É difícil explicar o sentimento de atuar para 80.000 pessoas. É de ficar sem fôlego”.

– Extreme: “Tocar para estas 100.000 pessoas foi uma honra que não se explica por palavras. Nunca vamos esquecer!”.

– Xutos & Pontapés: “Esta vida malvada tem momentos incríveis”.

– Ed Sheeran: “Castelos, futebol e um concerto dos diabos. Muito amor, Lisboa”.

– Jão: “É muito doido estar tão longe de casa e me sentir tão em casa como me sinto aqui”.

– Calum Scott: “O meu maior concerto até à data… 80.000 pessoas no Rock in Rio Lisboa foi tudo com o que sempre sonhei”.

– Fernando Daniel: “Este concerto não me sai da cabeça… e eu não quero que saia da vossa”.

– Leigh-Anne: “Que momento…foi incrível!”

– Jonas Brothers: “Não há palavras para descrever a sorte que sentimos em ter 80.000 pessoas a cantar para nós!”

– Pedro Sampaio: “Vocês fizeram-me a pessoa mais feliz do mundo ontem!”

“A 10ª edição do Rock in Rio Lisboa foi verdadeiramente especial! O novo recinto no Parque Tejo Lisboa permitiu-nos oferecer uma experiência ainda mais incrível a todos os nossos visitantes, e ganhou tamanha dimensão e repercussão internacional que fizeram do festival um dos melhores eventos da Europa. Ver a Cidade do Rock cheia de alegria e energia durante quatro dias foi mesmo muito emocionante. Agradecemos a todos os que participaram e contribuíram para o sucesso deste evento histórico! Já estamos a planear a próxima edição, com a promessa de continuar a surpreender e encantar o público”, afirma Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio.

Em 2026, o Rock in Rio Lisboa regressa ao Parque Tejo para mais uma imperdível edição, que se espera ser ainda mais especial

Créditos fotos e texto : Rock In Rio 2024 Press kit.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Next Post

MANTEIGARIA CELEBRA 10.º ANIVERSÁRIO

Nascida em 2014, num prédio histórico no Chiado, a Manteigaria veio para celebrar aquele que é o mais típico e consensual doce português, o Pastel de Nata. Passados 10 anos, a marca conta com 10 lojas em Portugal e uma em Paris. Para celebrar esta data especial conta com uma […]

Artigos Relacionados