Facebook
Google+
Instagram
Pinterest
Twitter
YouTube

 O excesso de colesterol pode ser fatal!

 Apesar de 1 em cada 2 portugueses possuir um nível de colesterol elevado, 62% não faz qualquer tipo de tratamento. É uma doença silenciosa pois não evidencia quaisquer sintomas, podendo resultar em ataque cardíaco ou AVC sem que nada o faça prever.

O colesterol é uma substância gorda encontrada nos tecidos do organismo e transportada no sangue, sendo por isso um constituinte normal do organismo. Contudo, se os níveis no sangue forem muito elevados o colesterol pode depositar-se nas paredes das artérias. Com o passar do tempo forma-se uma placa que causa a obstrução da artéria – aterosclerose – com graves consequências para o coração, podendo originar ataque cardíaco ou enfarte, para o cérebro ou para os rins.

É por isso essencial um controlo e, consequentemente uma manutenção dos níveis saudáveis de colesterol. Existe um suplemento alimentar com eficácia comprovada e sem os efeitos adversos associados aos tratamentos convencionais, como as comuns dores musculares ou miopatias. Este contém Monacolina K (extraída da levedura de arroz vermelho), uma molécula de origem natural que contribui para a manutenção dos níveis normais de colesterol. A levedura de arroz vermelho contém outros ingredientes ativos, como esteróis, isoflavonas e ácidos gordos monoinsaturados que contribuem para um efeito benéfico. Esta levedura é extraída de um fungo microscópico que cresce de uma forma controlada no arroz. Este microorganismo, Monascus purpureus, produz um pigmento vermelho característico, responsável pela cor vermelha do arroz.

arroz-vermelho

Colesterol e a família

O colesterol provém de duas fontes – o organismo e a alimentação. Algumas pessoas herdam os genes que desencadeiam a produção de colesterol em excesso. Para outros, a alimentação é a principal culpada. A gordura saturada e o colesterol encontram-se em alimentos de origem animal, incluindo carne, ovos, lacticínios e produtos derivados. Em muitos casos, níveis elevados de colesterol provêm de uma combinação de má alimentação e propensão genética.

Colesterol e o ser mulher

Até à menopausa, as mulheres costumam ter níveis de colesterol total menores do que os homens da mesma idade. As mulheres também têm regra geral altos níveis de colesterol HDL, o tipo bom. Uma das razões para este facto é o estrogénio, a hormona sexual feminina que aumenta o nível de colesterol HDL. Contudo, a produção de estrogénio cai durante a menopausa. Após os 55 anos de idade o risco de uma mulher desenvolver o nível de colesterol elevado começa então a ser maior.

A partir do momento em que é diagnosticado um nível elevado de colesterol existem várias medidas que podem e devem ser tomadas e que podem ajudar na manutenção de um colesterol saudável: alterações nos hábitos alimentares e a adoção de um estilo de vida saudável. Praticar exercício físico regularmente – pelo menos 30 minutos por dia – e deixar de fumar pode ajudar a baixar os níveis de colesterol no sangue

Conselho deste suplemento natural: tenha uma atitude preventiva e evite que a ameaça silenciosa que o colesterol representa se transforme num problema a longo prazo. Adote desde já um estilo de vida mais saudável, protegendo as suas artérias e o seu coração.

Share.

Leave A Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O excesso de colesterol pode ser fatal!

Tempo de leitura: 2 min
0