Bracara Augusta foi uma cidade fundada há mais de dois mil anos por César Augusto, tendo sido a capital da província romana da Gallaecia. E se de repente a história e o património da antiga cidade do império romano fossem recriadas em dois espetáculos únicos no Braga Parque? Nos dias 20 e 21 de maio, o reconhecido centro comercial da cidade minhota dá início a uma das festas mais originais do Norte.

De 24 a 28 de maio, Braga recebe a XIV edição da reconhecida Braga Romana, que integra a reconstituição do quotidiano da época através do famoso mercado romano. O centro histórico e outras áreas da cidade recebem um menu variado de atividades e animações de rua, com cortejos, espetáculos, representações teatrais e artistas ambulantes.

O Braga Parque antecipa as celebrações da herança romana da cidade com dois momentos que prometem uma verdadeira viagem no tempo, desde a escadaria central do shopping até à remota Bracara Augusta.

O dia 20 de maio será dedicado ao teatro. Às 17h, o Grupo de Teatro Planalto apresenta a peça “Ancillae”, que relata a história comovente de uma família romana que, num momento de grande pesar e tristeza, desvenda a verdadeira natureza do ser humano, através de episódios de doença, vingança, sofrimento, amizade e compaixão. O grupo de teatro amador da Associação Social e Cultural de Sobreposta foi criado em 2013 e, desde então, tem vindo a formar jovens dos nove aos 99 anos, sob a dedicada coordenação de Luísa Ribeiro e Patrícia Araújo.

No domingo, dia 21 de maio, também às 17h, será a dança a brilhar na icónica escadaria. Da autoria da Escola de Dança e Artes Performativas Backstage, “O Julgamento das Deusas” é uma peça de Ballet Contemporâneo que enaltece o poder do amor, representado pela deusa romana Vénus, face ao poder e sabedoria de Juno e Minerva, tendo como juízes de uma competição de proporções divinas Júpiter, o mais importante deus, e Páris, o humilde príncipe. Com sede em Braga, a Backstage surgiu em 2009 para colmatar a ausência de um espaço de ensino e prática da Dança e das Artes Performativas, até então inexistente na cidade. Atualmente, com uma vasta oferta de modalidades, dinamizadas por professores credenciados, está aberta a toda a população, tendo alunos de todas as faixas etárias.

“Este é um evento que mobiliza a cidade, desde os seus habitantes e forças vivas, até aos que nos visitam por esta altura do ano. É um grande cartão-de-visita de Braga, que tem vindo a realizar eventos culturais de grande qualidade e que valorizam as nossas entidades. É para nós uma grande honra fazer parte desta festa mais uma vez consolidando a parceria que temos com a Câmara Municipal de Braga. Deste modo, O Braga Parque será anfitrião de dois momentos de expressão artística de elevada qualidade, interpretados por instituições e pessoas do nosso distrito”, afirma Ana Rodrigues, responsável de Marketing do Braga Parque.

Mas o Braga Romana vai também marcar presença na festa da cidade através da oferta de um símbolo do tempo Romano a muitos dos milhares de visitantes do evento, bem como vai apoiar o III Concurso “De Familia Mea” que desafia pais e filhos a recriarem uma família romana, vestindo-se a rigor e desfilando orgulhosamente pelas ruas da antiga Bracara Augusta. Aqueles que melhor obedecerem às tradições da época serão galardoados com prémios patrocinados pelo Braga Parque.

Com início já no próximo fim-de-semana, a cidade de Braga e o Braga Parque convidam para uma imersão na cultura romana.

Share.

Leave A Reply

IMPÉRIO ROMANO INVADE O BRAGA PARQUE

Tempo de leitura: 3 min
0