I Encontro Nacional dos Produtores de Espargo é organizado pela Cooperativa Terras de Felgueiras – Caves Felgueiras CRL em parceria com a Villabosque e a Vale de Ceras e visa promover um conhecimento aprofundado da cultura do espargo, produzido em modo biológico e/ou produzido em modo convencional.

O rotasesabores.pt esteve presente na Casa das Artes de Felgueiras, neste evento de divulgação da cultura do Espargo, que infelizmente ainda é um produto ” Tabu” para o comum consumidor português.

A ideia errada que as pessoas tem no geral, é que o Espargo é um produto caro nos supermercados, de origem biológica, e que é um produto “Gourmet”. A sua divulgação na sua maioria tem sido feita pelos grandes”Chefs” em workshops, e pratos muito elaborados nos seus restaurantes.

Em conversa com o Sr. Engenheiro Rui Pinto, Diretor da Companhia Agricula de Felgueiras, (Organizador e Impulsionador deste evento), pude perceber, que o espargo apenas pode ser colhido em Março aqui em Portugal, devido ao nosso clima, e apenas pode ser produzido ao ar livre.É necessário um clima frio para o seu desenvolvimento, e a temperatura do solo e do ar é muito importante para que possa rebentar e nascer. Apreendi que o seu preço varia, é mais caro na altura da sua colheita apartir de Março, mas se for comprado por exemplo nos meses de verão, o preço é bem mais acessivel (Espargo importado de outros países). Um bom espargo tem de ser bem cortado na sua colheita, tem de ter um tamanho certo, ou seja, não pode crescer demasiado senão perde as suas qualidades, e não pode estar espigado, nem ter as suas extremidades moles.

Nota: Engenheiro Rui Pinto é Licenciado em Engenharia Zootécnica. É quadro técnico da Cooperativa Agrícola Terras de Felgueiras desde 1992, assumindo em 2011 o cargo de Diretor. Iniciou o projeto de dinamização da cultura de espargo em 2013, na ótica da eficiência desta cultura com as culturas predominantes na região do Entre Douro e Minho.

Este evento visa promover e atrair novos produtores deste vegetal, e dinamizar a sua cultura em Portugal, para que a longo prazo se consiga uma produção nacional mais considerável. Neste momento existe muita importação de Paises, como o Perú, Espanha, Canada e outros países com o clima ideal para o seu cultivo. É normal termos nos nossos supermercados Espargos de outros países quando é fora da época da produção em Portugal. Este evento tanto na parte da manhã como da tarde, teve sala cheia o que mostra para além do sucesso deste evento, o despertar de interesse para este vegetal.

Por isso lanço aqui este desafio a todos os consumidores!

Dê preferência na sua compra aos Espargos Portugueses, ajude a fazer crescer esta cultura aqui em Portugal, compre o que é Português!

BENEFÍCIOS DO ESPARGO PARA A SAÚDE:

Os espargos contêm diversas propriedades nutricionais que começam na proteína vegetal e no alto teor de fibras. Mas há outros benefícios a ter em conta como por exemplo: baixos em calorias, apenas 20kcal em cinco espargos; isentos de colesterol; ricos em potássio, que desempenha um papel importante no metabolismo celular; importante fonte de fibras solúveis e de ácido fólico; ricos em vitamina C; fonte do complexo de vitamina B; contém antioxidantes e é uma fonte de ferro.

Originários da Ásia e cultivados desde a antiguidade, os espargos integram de diferentes formas as refeições, seja como entradas, sopas, saladas, acompanhamento de pratos elaborados ou sob a forma de soufflé.

Programa do Evento no dia de Ontem

25 Janeiro 2019
Casa das Artes – Felgueiras

 ABERTURA // 09H00

1º PAINEL // 09H30
A IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO
› Rui Martins _ Chef no Grupo Pestana
› Isabel Martins _ Revista Vida Rural
› Isabel Archer Taveira _ Nutricionista
› Fernando Silva _ Professor/Investigador

2º PAINEL // 11H00
O ESPARGO EM AGRICULTURA CONVENCIONAL
› Jamie Petchell Global Plants Genetics
› Rui Sousa Villabosque
› Rui Pinto Terras de Felgueiras
› Ruben Alvarez Eurobanan

3º PAINEL // 14H15
ASPETOS RELACIONADOS COM A PRODUÇÃO
› Manuel Garcês _ Planasa
→→ Tema: Material de Propagação
› José Miguel Jiménez _ Fertinagro Biotech
→→ Tema: Fertilização
› Jorge Ferreira _ Agro-Sanus, Lda
→ Tema: Rega
› Rui Sousa _ Villabosque
→→ Tema: Doenças e Tratamentos

4º PAINEL // 16H00
O ESPARGO EM AGRICULTURA BIOLÓGICA
› Cristina Leão _ Bioatlântico
› Jorge Ferreira _ Agro-Sanus, Lda
› António Rodrigues _ Vale de Ceras
› Paulo Peixoto _ Quinta de Silvares

ENCERRAMENTO // 17H30

VERDE DE HONRA

ORADORES

Espero que este evento ajude a que mais produtores e consumidores despertem para este vegetal.Se desejar saber mais sobre qualquer assunto deste evento deixo em baixo os respetivos contatos. 🙂

Contatos: Cooperativa Agrícola Terras de Felgueiras

Agradecimentos pelo convite: 

Engenheiro Rui Pinto Cooperativa Agrícola Terras de Felgueiras

Francisco Quintas Serrano da [email protected] – Consultoria de Comunicação

Share.

Leave A Reply

Subscribe!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

I Encontro Nacional dos Produtores de ESPARGO

Tempo de leitura: 3 min
0